Carlos Escórcio

Front End Developer
Get In Touch

1985.

Podia não passar de mais uma parte de uma linha de código, mas não. Mais de 15 anos de aprendizagem no universo web, desde os primeiros passos e modems de 56Kbps, passando pela utilização de Netscape como browser e FrontPage Express da Microsoft para desenvolver páginas de internet.

Durante o meu percurso, realizei dois cursos na ETIC. O primeiro um curso profissional de Multimédia (com duração de 3 anos), e o segundo um curso de Programação Multimédia com duração de 1 ano.

Com o objetivo de aumentar os meus conhecimentos e alargar horizontes, ingressei na Licenciatura Licenciatura em Multimédia na Universidade Lusófona. No decorrer da licenciatura, desenvolvi ainda diversos trabalhos de freelance, que me permitiram consolidar algumas das aptidões adquiridas, antes de efetivamente entrar no mercado de trabalho.

 

2011.

Sair da nossa zona de conforto é, por vezes, o elemento potenciador para a nossa evolução pessoal. Foi assim que decidi aventurar-me em Inglaterra, mudando-me para os arredores de Londres. A par das questões profissionais, a “terra de sua majestade” contribuiu, a grosso modo, para o meu desenvolvimento pessoal. O frio, a neve e a neblina quase constante, acabaram por ser um dos motivos para voltar para Portugal. Com mais conhecimentos e com um desejo brutal de estar ao sol, acabei por regressar 2 anos depois. 

 

2013.

A ideia pré-concebida de fazer carreira fora, apenas foi suplantada pela vontade de regressar ao meu país e pôr à prova os conhecimentos adquiridos no estrangeiro. Assim, ao voltar a Portugal dei início ao meu trabalho na SmartKISS, uma agência de marketing com grande foco no digital.

Foi aqui que, ao longo de 5 anos, tive oportunidade de trabalhar websites de várias dimensões e complexidades usando o WordPress como ferramenta de CMS, landing pages e newsletters. Ao longo dos anos, assumi também a gestão dos projetos de programação e design da própria empresa, tendo sido o momento em que evolui como gestor de equipa.

 

2016.

Recebi um dos melhores desafios de toda a minha carreira. Ser professor convidado na Escola Profissional Val do Rio, onde lecionei durante 2 anos, matérias relacionadas com o universo web, capacitando os meus alunos para as necessidades do mercado. Esta experiência obrigou-me a refletir sobre os meus conhecimentos e sobre qual a melhor forma de os transmitir a adolescentes de 16 anos.

 

2018.

E porque a vida não é apenas uma linha de código, no meu backoffice pessoal também conto com inúmeros hobbies que, claramente, fazem de mim a pessoa que sou. Praticante de desporto desde sempre, mais recentemente descobri a paixão pelo triatlo, que me ajuda a pôr à prova a minha concentração, resiliência e método, contribuindo obviamente para o meu relaxamento pessoal.

Manter a aquisição de conhecimentos e continuar a evoluir são os objetivos claros, não para este ano, mas para todo o decorrer da minha carreira.

 

De Sempre, para Sempre.

Parece poético não é? Foi, na verdade, a única forma que encontrei para descrever a minha paixão pelo desporto. Desde muito jovem, em criança até, iniciei a prática de desportos de vários formatos.

Primeira paixão: futsal. Sim, é daqui que fica o gosto (obsessão quase, num bom sentido claro) pelo futebol e pelas futeboladas constantes com os amigos.

A exigência dos treinos e a vontade de seguir outros caminhos, fizeram-me abandonar a modalidade, que de uma forma leve, foi substituída pela minha princesa (de duas rodas).

A minha bicicleta que voo de Portugal para Inglaterra, tendo obviamente voltado comigo, depois de milhares de quilómetros feitos em conjunto.

Aqui, durante o mesmo período (ainda antes de sair do país), comecei a jogar corfebol. Algo que apenas terminei quando uma nova modalidade (três na verdade) surgiram na minha vida, e consegui aliar o gosto pela bicicleta, à vontade de correr e à desejo de nadar mais longe: triatlo é claro!

De Sempre, para Sempre, porque o desporto me ajuda a relaxar, concentrar e até evoluir a muitos níveis.