Viver um mês sem carne

Dezembro 9, 2019

É importante acima de tudo estejamos receptivos a novas informações mas acima de tudo devemos ter sempre o nosso sentido crítico, procurar mais fontes de informação de qualidade e outras opiniões de profissionais. A obesidade é provavelmente o maior problema de saúde no mundo actualmente e muita coisa podia ser feita como por exemplo existir na escola a disciplina de Nutrição. 

hormonas e outros aditivos para produção massiva de vacas

É conhecido que ainda existe alguma tradição em não comer carne na altura da quaresma.  Façam uma alimentação consciente, sem imposições ou extremismos sendo que economicamente irá ser mais caro mas o vosso corpo agradece e a qualidade de vida também.

Comer carne não é apenas uma questão de matar a fome mas também algo que devemos pensar a nível da sustentabilidade.

É inegável que cada vez por isso a ideia foi remover qualquer refeição de carne

Há um movimento mundial que é o #NoMeatSeptember e #setembrosemcarneptem Portugal, mas como em Setembro tive de férias e torna-se complicado ter uma maior apetencia para pensar certas comidas.

Não deixei de comer peixe, nem deixei de comer Queijo, sendo que actualmente. Não substitui por produtos vegetarianos processados como por exemplo salsichas, chouriços ou hamburguers vegans porque uma das ideias a manter é também comer o mais limpo possível.

Alimentos

Broculos

Grãos, sementes e leguminosas são boas fontes de proteínas. Feijão, lentilha, grão de bico, cereais integrais, como aveia e quinoa, sementes de abóbora e de chia e as oleoginosas, como castanhas, nozes e amêndoas devem fazer parte do cardápio de quem não come carne.

Ementa

Hamburguers Vegetarianos

Dificuldades

A maior dificuldade foi tentar encontrar uma variedade de alimentos que além de saborosos, sejam também saciantes sem ter de comer um cabaz de legumes.

Aprendizagens

Com a obrigatoriedade, todas as refeições sempre acompanhadas com uma sopa e salada.

Sensações

da flora intestinal  mas não perdi peso.

Tendo em conta a carga de treino que tenho diariamente os músculos podem precisar de mais tempo para recuperar e por isso, tento ter sempre mais proteina nos pratos de alimentação mas também nos batidos de recuperação pós treino, sendo que actualmente estou a usar o Tailwind Rebuild que Non-GMO • Vegan • Soy & Dairy Free

 

 

Creio que adquiri o hábito de reduzir o consumo da carne, dificilmente irei deixar de comer um bife grelhado, hamburguer ou picanha mas sei que também serei mais exigente no tipo de carne e deixar isso apenas para tardes de churrasco ou um jantar numa steakhouse. Passado um mês, parece que é um hábito que veio para ficar mas daqui a um ano faço uma actualização de como está a ser esta caminhada. 

Leave a Comment